Este espaço destina-se à divulgação das atividades educativas desenvolvidas pelas escolas e estabelecimentos do ensino Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico.

O lúdico é fundamental para que a criança aprenda e se desenvolva!

Marianna Moreno

ANO LETIVO 2023/2024

Espetáculo “A Torneira de Ideias”

No mês de abril, os alunos do 1.º Ciclo da Escola Básica de Valença assistiram na Biblioteca Municipal de Valença, ao espetáculo intitulado “A Torneira de Ideias”.

A peça de teatro infantil “A Torneira de Ideias” foi escrita por Pedro Seromento e encenada por Sónia Sousa. A música esteve a cargo de Saphir Cristal e a cenografia de Carlo Giovani.

Durante cerca de 45 minutos, as atrizes Elsa Mota e Sónia Sousa atuaram de forma brilhante, tendo conseguido motivar e despertar a curiosidade dos alunos.

A atividade foi extremamente enriquecedora já que permitiu: colocar os alunos em contacto com a arte; proporcionar novas aprendizagens de forma lúdica; despertar o desejo dos alunos por mais conhecimento e passar mensagens que são fundamentais para a vida quotidiana, como por exemplo:

Manuela Pereira Alves

Mês da Prevenção dos Maus Tratos

No âmbito do Mês da Prevenção dos Maus Tratos, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens desenvolveu diversas ações de sensibilização junto do público escolar. Foi neste contexto que decorreu a “Operação Stop Azul” na qual participaram diversos alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Os alunos vestiram-se a rigor com o fardamento da Guarda Nacional Republicana e foram apoiados no decurso da operação, por efetivos do Posto Territorial de Valença, por elementos da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Valença, pelas professoras e por assistentes operacionais.

A “Operação Stop Azul” teve por finalidade consciencializar a comunidade para o seu papel na prevenção do abuso infantil, bem como, promover nas famílias o exercício de uma parentalidade positiva, sem recurso à violência verbal ou física.

Foram oferecidos laços azuis e panfletos informativos aos automobilistas, numa campanha de sensibilização que pretendeu dizer basta aos maus tratos na infância.

Manuela Pereira Alves

Ação de Sensibilização: “Técnicas de Estudo”

Decorreu na Escola Básica de Real uma ação de sensibilização dirigida aos Pais/Encarregados de Educação dos alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico. A ação de sensibilização intitulada: “Técnicas de Estudo” foi realizada pela professora Manuela Alves e pelo professor Jorge Alves. Com esta iniciativa pretendeu-se estreitar a relação Escola/Família e sensibilizar os Pais/Encarregados de Educação para a importância de acompanharem a vida escolar dos seus educandos, nomeadamente, no acompanhamento e na supervisão dos momentos de estudo.

O sucesso escolar está diretamente relacionado com a existência de Métodos e Técnicas de Estudo (trabalho, persistência e esforço). A Escola cumpre o seu papel nessa tarefa, mas a família tem de ser uma forte aliada. As práticas parentais são fundamentais para o sucesso escolar das crianças. Por esse motivo, os Pais/Encarregados de Educação têm um papel crucial, devendo trabalhar em colaboração com a Escola, de forma a motivar as crianças para a aprendizagem e fomentar o sucesso escolar.

Manuela Pereira Alves e Jorge Alves

No âmbito do Projeto Pedagógico das Comédias do Minho foi apresentado entre os dias quinze e dezassete de novembro, na Biblioteca Municipal de Valença, o Espetáculo Multidisciplinar “A Corça”. O espetáculo teve como destinatários as crianças do Pré-Escolar. O espetáculo consistiu na manipulação de objetos com narração áudio, ilustração ao vivo e sonoplastia original a partir do elemento fundador TERRA, cruzando conhecimento científico, mitológico e consciência ambiental. As crianças do Pré-Escolar foram acompanhadas pelas Educadoras de Infância, pelas Assistentes Técnicas e pelas Assistentes Operacionais. O entusiasmo e a motivação das crianças perante o espetáculo foi bem visível, tendo posteriormente, em contexto de sala de aula, as Educadoras de Infância explorado de forma detalhada cada momento do espetáculo. O transporte das crianças esteve a cargo do Município de Valença.

Manuela Pereira Alves

Exercício Nacional “A Terra Treme” no Pré-Escolar e nas Escolas Básicas do 1.º Ciclo

No dia catorze de novembro, às 11 horas e 14 minutos, as crianças do Pré-Escolar e os alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico participaram no exercício público de sensibilização para o risco sísmico. Esta iniciativa é promovida pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, com o objetivo de sensibilizar para o risco sísmico e para a importância de comportamentos simples que se devem adotar em caso de sismo, mas que podem salvar vidas. O exercício teve a duração de um minuto, durante o qual as crianças do Pré-Escolar e os alunos do 1.º Ciclo, juntamente com as Educadoras de Infância, Professores do 1.º Ciclo, Professores de Inglês, Assistentes Técnicas e Assistentes Operacionais executaram os três gestos que salvam: BAIXAR; PROTEGER E AGUARDAR.

Manuela Pereira Alves e Graça Gonçalves Fernandes.

Halloween na Escola Básica de Valença

A celebração do Halloween na Escola Básica de Valença foi, este ano, assinalada com uma exposição de varinhas mágicas e vassouras de bruxa. Com recurso, preferencialmente, a materiais sustentáveis, e com o imprescindível contributo dos encarregados de educação, os alunos puderam apreciar, uma vez mais, o resultado do seu empenho. Foi muito apreciada a colaboração da técnica superior Alda Paula e das assistentes técnicas Andreia Raquel e Mónica Pereira nesta exposição, que ficou assustadoramente divertida!

Elda Soto Maior.

Escola Básica de Valença comemora “Semana da Alimentação”

A Escola Básica de Valença desenvolveu um conjunto de atividades no âmbito da comemoração da Semana da Alimentação. Numa perspetiva transversal a todos os anos de escolaridade, desde o Pré-Escolar ao 4º ano, os alunos tiveram a oportunidade de explorar esta temática através do desenvolvimento de atividades lúdicas, dinamizadas quer em sala de aula, quer em parceria com a Biblioteca Escolar, bem como, através da realização de atividades conjuntas de toda a comunidade escolar. É importante salientar a criação de uma Roda dos Alimentos com a colaboração de todas as turmas bem como, a recolha, de cariz solidário, de bens alimentares para futura distribuição entre as famílias mais carenciadas da nossa comunidade. Assim, entre jogos, histórias e atividades sensoriais, os nossos alunos desenvolveram novas competências, inerentes à temática proposta, que em muito valorizaram o seu processo educativo.

A Equipa de Trabalho:  Maria José Lindo; Ana Rosa Martins; Luísa Marinho e Luísa Almeida.                       

                                          

Alunos da Escola Básica de Real participam no Dia do Comando Territorial de Viana do Castelo

No dia três de outubro, os alunos do 2.º ano e do 3.º ano da Escola Básica de Real desfilaram na parada que assinalou o Dia do Comando Territorial de Viana do Castelo, da Guarda Nacional Republicana (GNR). Nos dias anteriores à realização do evento, os alunos fizeram ensaios de formatura e marcha com elementos da GNR. No dia de realização da parada, os alunos receberam fardas para vestirem a rigor e o dia foi marcante para todos.

Manuela Pereira Alves e Jorge Alves

ANO LETIVO 2022/2023

Ação de sensibilização “Cuidados de Saúde Oral”

No âmbito das comemorações do “Dia da Criança”, o grupo Trofa Saúde presenteou os alunos do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico com uma ação de sensibilização para a saúde oral. Neste âmbito, um médico dentista deslocou-se aos Estabelecimentos de Ensino que aderiram à atividade e explicou aos alunos a importância dos cuidados de saúde oral, como por exemplo: como escovar corretamente os dentes, quais os cuidados de higiene oral diários que devem ter, quando devem ir ao dentista, entre outros tópicos. Os alunos manifestaram grande interesse pela ação de sensibilização e facilmente compreenderam que uma boa Saúde Oral favorece a mastigação, a digestão, a fala e contribui para a ausência de dor e desconforto.

Para além da colaboração das Educadoras de Infância/Professores Titulares de Turma e da intervenção do médico dentista, foi determinante para o sucesso da ação de sensibilização, o contributo do “Trofinhas” (mascote) que fez um enorme sucesso entre os alunos.  

Maria Manuela Pereira Alves (fotografias cedidas pelas docentes da EB de Friestas).

Comemoração do “Dia da Criança”

No dia um de junho comemora-se o “Dia Mundial da Criança”. Esta efeméride assinalou-se pela primeira vez, em mil novecentos e cinquenta, por iniciativa das Nações Unidas, com o intuito de sensibilizar para os problemas que as crianças enfrentavam. Nesse dia, os Estados-Membros reconheceram que todas as crianças, independentemente da raça, cor, religião, origem social, país de origem, têm direito a afeto, amor e compreensão, alimentação adequada, cuidados médicos, educação gratuita, proteção contra todas as formas de exploração e a crescer num clima de Paz e Fraternidade.

No passado dia um de junho, os alunos do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico comemoraram o “Dia da Criança”, tendo o Município de Valença proporcionado aos alunos uma ida ao Circo.

O Circo é uma fonte de diversão, um lugar encantado que possibilita às crianças vivências únicas, viajar pelo mundo das cores, da magia e da alegria, mediante a intervenção dos palhaços e a coragem dos acrobatas e trapezistas.

Maria Manuela Pereira Alves (fotografias cedidas pelo Município de Valença)

“Cientista Regressa à Escola”

No início do ano letivo o Município de Valença propôs a dinamização da atividade o “Cientista Regressa à Escola”, com o objetivo de celebrar a “Ciência”, desconstruir estereótipos, promover a literacia científica e estabelecer pontes entre a comunidade científica e as pessoas da sua terra.

Reconhecendo a Direção do Agrupamento a importância de os alunos terem a oportunidade de interagirem prática e pedagogicamente, de forma direta, com um cientista, a atividade foi proposta no Plano Anual de Atividades.

Os Professores Titulares de Turma manifestaram interesse na dinamização da atividade e tiveram um papel fundamental, pois prepararam, previamente, os alunos para o dia da oficina. Assim, no dia dois de junho, desenvolveram-se as oficinas nas turmas do quarto ano, na Escola Básica de Valença, Escola Básica de Pedreira e na Escola Básica de Friestas, Estabelecimentos de Ensino que foram frequentados pelos cientistas conterrâneos, quando estes eram ainda alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico.

Nas oficinas realizadas esteve também presente a cofundadora e diretora da Native Scientist Joana Moscovo, a qual deu um contributo fundamental para encorajar os alunos a considerarem o ensino superior e as carreiras relacionadas com a ciência.

A Native Scientist trata-se de uma organização sem fins lucrativos premiada internacionalmente que desenvolve, implementa e avalia programas educativos de comunicação e divulgação de ciência. Neste sentido, a Native trabalha em parceria com universidades, centros de investigação, instituições culturais e embaixadas, promovendo a formação de cientistas em comunicação de ciência e apoiando a implementação de programas personalizados.

Maria Manuela Pereira Alves

Comemoração do “Dia do Agrupamento”

No dia vinte e seis de maio comemorou-se o “Dia do Agrupamento” nas diversas unidades orgânicas que constituem o Agrupamento.

Em todos os Estabelecimento de Ensino, os alunos do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico desenvolveram atividades diversificadas, planeadas pelas Educadoras de Infância e pelos Professores.

Os alunos do quarto ano, acompanhados pelos Professores Titulares de Turma, deslocaram-se à Escola Básica e Secundária de Muralhas do Minho, onde tiveram a oportunidade de visualizar um filme e desenvolver diversas atividades no âmbito da “Ciência” e da “Robótica”. Estas atividades foram dinamizadas pelos Professores da Escola Sede.

De forma a permitir a vinda de todos os alunos à Escola Sede e possibilitar que estes comemorassem com as suas famílias, a partir das 19 horas e 30 minutos, foram dinamizadas diversas atividades na Escola Básica e Secundária de Muralhas do Minho, as quais fomentaram o convívio entre toda a comunidade escolar.

Maria Manuela Pereira Alves (fotografias cedidas pelas docentes da EB de Friestas).

EB de Valença – 4.º I – Projeto “Dicionário Ilustrado”

No âmbito do Projeto “Dicionário Ilustrado”, a turma do 4º I da Escola Básica de Valença embarcou numa aventura de trabalho colaborativo com o autor Raul Pereira e o ilustrador Emílio Remelhe, no sentido de contribuírem com os seus conhecimentos sobre a cidade de Valença para o desenvolvimento do “Dicionário Ilustrado do Alto Minho”. Foram momentos de partilha de saberes, que culminaram numa fantástica história, presente nesta compilação, e numa exposição enriquecedora, em que os alunos puderam perceber que é “possível olhar sempre os lugares onde vivemos mais para além do que aquilo que eles parecem”.

Ana Martins

EB de Pedreira – “Cientista Regressa à Escola”

No passado dia 2 de junho, a turma B (3º ano e 4.º ano) da Escola Básica de Pedreira participou na oficina “Cientista Regressa à Escola”, integrada na organização Native Scientist que consiste em juntar alunos e cientistas para promover a literacia científica e reduzir as desigualdades na educação e na ciência.

 Um dos  cientista realizou várias atividades e falou sobre o seu trabalho, explicou em que consistia a nanotecnologia,  o que despertou uma grande curiosidade e admiração  por parte dos alunos.

Ao longo da apresentação os alunos puderam experimentar e realizar diversas tarefas que os ajudou a perceber um pouco mais o que era exposto, em que consistia esta tecnologia e como era utilizada no nosso dia a dia.

 A atividade revelou-se bastante interessante e enriquecedora.

Isabel Nóvoas e Gabriela Rodrigues

EB de Pedreira – Teatro esteve na Escola

 No passado dia 30 de maio os alunos do Jardim-de-Infância e do 1.º Ciclo da Escola Básica de Pedreira assistiram a uma peça de teatro intitulada “ A girafa que comia estrelas”. Esta sessão foi promovida pelos Pais/Encarregados de Educação que,  em cooperação com a Escola, organizaram a vinda do grupo “Atrapalharte”. A Junta de Freguesia de Ganfei  cedeu o espaço onde o grupo teatral apresentou  um espetáculo divertido e cheio de magia que encantou a pequenada e os adultos.

Educadoras de Infância e Professoras da EB de Pedreira

EB de Valença – Feira de Manualidades – 27 de junho de 2023

As turmas do 3º ano da EB de Valença iniciaram o mês de junho com uma oficina dirigida ao fabrico de sabonetes. A atividade foi promovida no sentido de colaborar na exposição/venda – Feira de Manualidades – de produtos elaborados pelos alunos, a realizar dia 27 de junho, no período da tarde, em que cada ano de escolaridade/turma irá realizar uma mostra dos trabalhos manufaturados e que toda a comunidade escolar poderá visitar.

Nesta atividade, os alunos não só elaboram os sabonetes, como também abordam temáticas relacionadas com o mundo das ciências (estados da matéria), com a natureza (óleos essenciais e plantas silvestres) e também com noções de saúde (higiene do corpo). A atividade tem vindo a desenvolver-se na Sala das Ciências e os professores responsáveis (Pedro Campos, Ilídia Português e Cecília Teixeira) em articulação com os professores do 3º ano (Cristina Ribeiro e Ângela Gonçalves) têm vindo a dinamizar as atividades no sentido de aprender pela descoberta e pela experimentação.

Pedro Campos; Ilídia Português; Cecília Teixeira

EB de Valença 4.º I e 4.º H – Iniciação à Robótica

Este desafio lançado pelo Coordenador de Escola, no final do 1º período, e abraçado pelas turmas H e I, do 4º ano, com vista à aprendizagens das novas tecnologias e motivação dos nossos alunos.

Assim, dando seguimento, a escola E.B de Valença, nas turmas do 4º ano, iniciou o projeto de turma de robótica e programação em blocos, usando o sotware “Scretch”, desde o início do segundo período.

O projeto teve início, com a receção de 5 robôs programáveis, em forma de kit, que foram montados, peça por peça, desde a mother Board, até aos periféricos , tais como, motor, sensores de ultra sons, sensores de luz LDR, num chassis de alumínio, que suportou todos os componentes. Os alunos, viram cada um destes elementos e qual a sua função. Na fase seguinte, procederam à montagem de todos os periféricos, de forma a construírem o robô,  em trabalho de grupos,

Em simultâneo, foram trabalhando a iniciação à programação em blocos, com recurso à internet e ao programa “Scretch”, assim como pensamento computacional. 

Após um longo percurso de montagens e iniciação à programação, em que cada aluno experimentou a programação em blocos, a montagem dos robôs terminou, passando agora para a fase de testes.

Neste projeto, os alunos ficaram a conhecer todo o processo de montagem e programação do robô, recorrendo às novas tecnologias, à matemática e ao português.

Nas próximas semanas, chegará a fase de testes das aprendizagens efetuadas.

O sucesso do culminar desta fase, deve-se essencialmente ao empenho dos alunos, que se mostraram constantemente motivados para o desenrolar do mesmo.

Ana Martins e Domingos da Silva

EB de Valença 1.º A – Momentos de partilha

Após a visita que os alunos do 4º I de Valença fizeram à turma do 1º A, agora foi a vez dos mais pequenos agradecerem retribuindo a partilha. Leram com entusiasmo excertos do livro “A ovelhinha preta” de Elizabeth Shaw que nos sensibiliza para os valores da igualdade e da diferença.

Como recordação puderam ainda deixar a cada um dos seus colegas do 4º ano uma ovelhinha preta em cartolina coberta de lã realizada por eles, para ficar viva a memória e a aprendizagem que todos somos iguais”.

A atividade terminou com uma alegre troca de argumentos num debate onde imperou a compreensão da moral da história.

Este intercâmbio promovido entre estas duas turmas revelou-se profícuo e um excelente momento de partilha.

Certamente, a repetir.

Márcia Sofia Ribeiro

EB de Valença 4.ºI – Consciencializar para não poluir

Os alunos da turma do 4º I uniram-se para um trabalho de grupo sobre a poluição no âmbito dos Projetos Interdisciplinares. O empenho dos alunos foi notório em cada momento da sua elaboração. Durante as várias sessões, houve oportunidade de cada um apresentar as suas ideias e soluções para ajudar a preservar o meio ambiente. Refletiram sobre a importância de reciclar e reutilizar materiais, economizar energia e promover medidas para reduzir a poluição do ar, água e solo.

Com muita criatividade, os alunos trabalharam juntos para produzir cartazes e outras formas de consciencialização sobre os impactos negativos da poluição na qualidade de vida da comunidade. Estes trabalhos em grupo refletem como a colaboração pode ser uma ferramenta poderosa na luta por um planeta mais sustentável e saudável.

Ana Martins

EB de Pedreira “Operação Stop-Azul”

No passado dia 30 de março, a Escola Básica de Pedreira participou na atividade Stop-Azul. Os alunos vestiram a farda da GNR e acompanhados pelos dinamizadores da atividade (CPCJ de Valença e GNR) assumiram o seu papel de pequenos agentes dispostos a cumprir a sua missão.

A atividade consistiu na sensibilização por parte dos alunos para os maus-tratos infantis. A operação decorreu junto aos semáforos na freguesia de Ganfei. Os alunos entregaram panfletos e um laço azul e explicaram aos condutores, que eram abordados, o significado do laço e pediram aos mesmos para usarem o laço ao longo do mês de abril, visto ser o mês escolhido para a campanha.

Professoras da EB de Pedreira

EB de Pedreira “Caminhar por um Sorriso”

No âmbito do mês dedicado aos maus-tratos infantis, no passado dia 28 de abril, os alunos da Escola Básica de Pedreira realizaram uma marcha até à Junta de Freguesia de Ganfei onde foram recebidos pelo Sr. Presidente da Junta que os presenteou com um boné azul. De seguida, foi elaborado um laço em representação de todas as crianças que são vítimas de maus-tratos.

Professoras da EB de Pedreira

EB de Pedreira “Dia da Família”

No âmbito do Dia da Família, que se comemora no dia 15 de maio, no passado dia 19 de maio a Escola Básica de Pedreira, com a colaboração dos Pais e Encarregados de Educação dinamizaram uma atividade com jogos tradicionais, dança e um lanche. A mesma promoveu momentos de interação entre pais e filhos que se divertiram e participaram de uma forma ativa.

Professoras da EB de Pedreira

EB de Valença – 4.º I – Momentos de partilha

No passado dia 19 de maio, em articulação com a turma do 1.º ano, os alunos do 4.º ano I de Valença presentearam a turma com a apresentação do poema “Vozes de animais”, sucedido de jogos lúdicos entre os alunos das duas turmas, imitando os vários sons dos animais.

Esta atividade, que se revelou um sucesso, pretende a partilha de saberes, conhecimentos e promover experiências conjuntas, trabalho colaborativo e criar laços de proximidade entre alunos dos diferentes níveis de ensino.

Esta articulação e desenvolvimento de atividades será novamente realizada, desta feita pela visita dos alunos da turma do 1.º ano à turma do 4.º ano, onde surpreenderão os colegas com uma atividade, ainda surpresa.

Esta partilha revela-se um motor de motivação, inspiração e alegria entre todos, alunos e professores.

Ana Martins

EB de Friestas – “Feira Tradicional”

A Escola Básica de Friestas no passado dia 10 de maio, voltou a dinamizar mais uma Feira Tradicional inserida na feira semanal de Valença.

Todas as crianças e famílias participaram com muito empenho e entusiasmo.

Educadoras de Infância e Professoras da EB de Friestas

EB de Friestas – “Dia da Família”

No dia 15 de maio, os alunos do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo da Escola Básica de Friestas participaram na iniciativa da Junta de Freguesia com vista a comemorar o “Dia da Família”. Os alunos atuaram com danças e canções e tiveram uma sessão de “Zumba”, na qual participaram com os avós presentes.

No final, todos usufruíram do lanche proporcionado pelos avós. Foi um convívio muito animado entre a Escola, a comunidade e famílias.

Educadoras de Infância e Professoras da EB de Friestas

EB de Valença – Viagem aos Descobrimentos

As turmas do 4º H e 4º I foram em busca de novos conhecimentos numa aventura sem igual ao mundo dos Descobrimentos, recordando a temática já abordada em sala de aula. E como não só em sala de aula se aprende, os grupos embarcaram numa visita à Alfândega Régia e a Nau Quinhentista em Vila do Conde.

Na Alfândega Régia, os alunos tiveram oportunidade de ver artefactos e ferramentas usadas pelos comerciantes da época, incluindo balanças, medidas e selos oficiais. Porém, a verdadeira atração foi a visita à Nau Quinhentista, uma réplica da nau portuguesa que foi usada pelos exploradores portugueses durante o período dos Descobrimentos, bem como explorar o interior da nau.

Sem dúvida, uma excelente oportunidade de vivenciar a história de forma prática e envolvente, permitindo entender melhor o passado e valorizar a herança do país.

Ana Martins e José Domingos

O enaltecimento da Árvore pelos versos da autoria dos alunos do 4º I da EB de Valença

Da sala de aula para o espaço exterior da escola, a turma do 4º I aproveitou o sol para assinalar o Dia da Poesia e o Dia da Árvore, numa iniciativa conjunta com a Câmara Municipal, que incentivou a momentos de criatividade e imaginação na escrita de poesias, subjacentes aos temas Paz e Esperança.

O entusiasmo dos alunos foi notório dado o seu empenho e envolvimento valorativos, dos quais emanaram belíssimos textos da sua autoria.

 A turma foi mais além e criou um cartaz sensibilizador e impactante sobre a importância das árvores, exposto numa delas.

Em plena sintonia com o ambiente, e tendo plantado uma árvore, os alunos usufruíram de um momento singelo, mas de extremo simbolismo.

Ana Martins

Escola Básica de Valença – Turma do 2.º E comemorou o “Dia da Árvore”

No dia 21 de março, os alunos da turma do 2ºE da Escola de Valença realizaram vários trabalhos dedicados ao Dia da Árvore:

Produção escrita do seguinte texto coletivo:

Dia da Árvore
 
No dia 21 de março comemora -se o Dia da Árvore.
As árvores são muito importantes para todos os seres vivos. Elas dão-nos o oxigénio para respirarmos, frutos para comermos, dão a madeira para fazermos móveis e dão-nos sombra nos dias quentes. Elas servem de casa a muitos animais da floresta.
Nós devemos proteger as árvores cuidando bem do ambiente e não o poluindo.
(Texto passado a computador pelo aluno João Rossio).

Os alunos ouviram e exploraram a história “A árvore da escola”, de António Sandoval e Emílio Urberuaga e recriaram, num painel, aquela que seria a árvore da nossa sala de aula. Todos os alunos da turma deram o seu contributo para este trabalho e demonstraram-se muito empenhados. Ficou muito bonito e a nossa sala ficou mais alegre!

Escola Básica de Valença recebe a última sessão do Projeto “O Artista vai à Escola”

No dia seis de março, a turma do 4.º H da Escola Básica de Valença recebeu a última sessão do Projeto: “O Artista vai à Escola” da CIM Alto Minho – “Alto Minho SCHOOL4ALL”. O Projeto proporcionou aos alunos um contacto de proximidade com a artista Joana Magalhães, que foi responsável pela dinamização das três sessões realizadas, as quais visaram proporcionar experiências criativas. Nesta última sessão a atriz realizou trabalhos em grupos pequenos, nomeadamente, peças mímicas apresentadas à turma.

Alunos do 1.º Ciclo assistem ao espetáculo: “O Espantalho”

Decorreu na Biblioteca Municipal de Valença o espetáculo: “Espanto“, apresentado pelas Comédias do Minho para todos os alunos do 1.º Ciclo do Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho, com três sessões diárias e um dia reservado às famílias.
 A história desenvolve-se à volta de: O espantalho faz o seu trabalho. O corvo é um estorvo. Juntos começam de novo e para seu espanto encontram a um canto… um ovo.
Um espetáculo de teatro e música em que as vozes vão perdendo o medo das alturas, desafiando a lei da gravidade, num apelo aos espíritos atentos e perguntadores e à importância da ligação cabeça-coração-ação.
Foi um maravilhoso espetáculo de que todos gostaram e aplaudiram!
Um grande agradecimento às Comédias do Minho e aos brilhantes atores que proporcionaram momentos inesquecíveis.

Prof. Esperança Pereira

“Dia da Mulher” comemorado pela turma do 2.º E da Escola Básica de Valença

No passado dia 8 de março, os alunos da turma E do 2.ºano da Escola Básica de Valença, realizaram atividades relacionadas com o Dia da Mulher, das quais resultaram os seguintes trabalhos: painel com frases escritas em casa, com a colaboração da família, sobre o “Ser Mulher”; desenho de retratos de Mulheres importantes no Mundo; pesquisa e construção de um painel com Mulheres que realizaram feitos importantes e escrita de um texto coletivo.

Prof. Célia Ribeiro

Multiculturalidade abraçada pela turma do 4º I da Escola Básica de Valença

No âmbito do Projeto Interdisciplinar, a desenvolver durante o 2º período, com o tema “Multiculturalismo”, a turma do 4º I de Valença, desenvolveu várias atividades.
Os alunos visualizaram diversos vídeos alusivos ao tema e foi-lhes proposto fazer um desenho.
Explorou-se, em contexto de sala de aula, a história “Meninos de Todas as Cores”, da autoria de Luísa Ducla Soares e, a partir desta, foram criados grupos que, dando asas à criatividade, montaram em papel, tintas e cartolinas, devidamente caracterizados, os vários meninos referidos na história. Os resultados foram além do expectável, atrevendo a afirmar não só fantásticos, como espelho da escola multicultural que somos.
O entusiasmo foi mais que evidente no empenho de cada um dos grupos, onde se vislumbrou o abraçar da multiculturalidade como se quer numa escola inclusiva, como a nossa.
 
Prof. Ana Martins

Escola Básica de Valença recebe a segunda sessão do Projeto “O Artista vai à Escola”

Dando continuidade ao Projeto “O Artista vai à Escola” – “Alto Minho SCHOOL4ALL”, os alunos do 4.º H da Escola Básica de Valença tiveram a segunda sessão com a artista Joana Magalhães. A artista é responsável pela dinamização de três sessões que visam proporcionar experiências criativas aos alunos. Neste âmbito, no dia vinte e sete de fevereiro, foi dinamizada a segunda sessão, tendo os alunos realizado diversas atividades de Expressão Dramática. Face ao enorme envolvimento, interesse e talento dos alunos, aguarda-se pela dinamização da terceira e última sessão, na esperança de brevemente assistir à apresentação de um peça de teatro.

Escola Básica de Pedreira – Poema “Se eu fosse um palhaço”



Se eu fosse um palhaço
Se eu fosse um palhaço,
ia para o circo,
fazer palhaçadas
a ver se me divirto!

Se eu fosse um palhaço,
metia um nariz encarnado,
gordo e redondo
e muito engraçado!

Se eu fosse um palhaço,
faria malabarismo,
com mil bolas coloridas
e uma música a fazer ritmo!

Se eu fosse um palhaço,
pintava a cara de branco,
com uma boca vermelha,
sentado num banco!


João Cerqueira, 8 anos, 3ºB da Escola Básica de Pedreira

Alunos do Pré-Escolar assistem a Espetáculo de Fantoches

Entre os dias 6 e 10 de fevereiro, os alunos do Pré-Escolar deslocaram-se à Biblioteca Municipal de Valença para assistir ao Espetáculo de Fantoches intitulado “Historiar – O lugar onde os olhos fecham”.
No decurso do espetáculo brincou-se com a simbologia das ações, através de uma viagem de sensações, de cores e de sons.
A entidade organizadora foi a Câmara Municipal de Valença. “Historiar – O Lugar Onde os Olhos se Fecham” é uma peça das Comédias do Minho, numa criação da Filipa Mesquita, do Teatro e Marionetas de Mandrágora e foi muito bem interpretado, pelas técnicas de animação da Biblioteca Municipal de Valença, colaboradoras locais do Projeto. Os alunos adoraram o Espetáculo de Fantoches, tendo sido acompanhados pelas Educadoras de Infância, pelas Assistentes Operacionais e pelas Assistentes Técnicas.

Ações de Sensibilização sobre: “O Bullying” nas turmas do 1.º Ciclo

Na atual sociedade o Bullying é um fenómeno que ocorre em qualquer parte do Mundo, principalmente, com crianças e jovens em contexto escolar. O Bullying apresenta-se como um dos conflitos mais preocupantes do nosso quotidiano. Este fenómeno sendo mal resolvido na mente das crianças e dos jovens, pode deixar marcas permanentes.
Entre os dias 11 e 20 de janeiro, os Agentes da “Escola Segura” realizaram em todas as turmas do 1.º Ciclo, ações de sensibilização sobre o Bullying. Os alunos foram sensibilizados para a questão do Bullying, tomando consciência das possíveis causas, dos sinais de alerta e das consequências para os diversos intervenientes envolvidos, desde o agressor, à vítima e às testemunhas. Para além disso, os alunos tomaram ainda conhecimento da forma de intervir nestas situações numa atitude de prevenção.

Escola Básica de Valença recebe o Projeto: “O Artista vai à Escola”

O Projeto: “O Artista vai à Escola” da CIM Alto Minho – “Alto Minho SCHOOL4ALL” proporciona aos alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, a oportunidade de terem contacto de proximidade com artistas ligados a diferentes áreas, nomeadamente: artísticas; dramática; expressão dramática; danças do Mundo; dança tradicional; cinema e música.
Na Escola Básica de Valença, na turma do 4.º H é a artista Joana Magalhães a responsável pela dinamização de três sessões, que visam proporcionar experiências criativas. Neste âmbito, a artista contactou diretamente com os alunos, tendo desenvolvido um conjunto de atividades e de experiências mediante a utilização de metodologias inovadoras de aprendizagem na área das artes.

Escola Básica de Valença – turma do 4.º I comemora o “Dia dos Afetos”

A comemoração do Dia dos Afetos aproxima-se e a turma do 4º ano I, da Escola Básica de Valença, tem vindo a desenvolver variadas atividades relacionadas com o tema, nomeadamente, a exploração da obra literária, “Gigante Egoísta”, que nos transmite uma mensagem muito forte do carinho e respeito pelo outro; a entoação da canção “ All you need is love” do autor Virgull; a realização de um origami em forma de coração, para decoração das janelas da sala e a escrita de ideias sobre o significado do Amor para cada um. Essas mesmas mensagens foram escritas em formato próprio para decoração da Árvore dos Afetos.
Sendo a diversidade cultural uma riqueza de partilha inigualável, a partilha em contexto sala de aula e com a comunidade educativa visou a construção de uma árvore com mensagens simples e curtas, escritas por todos os alunos individualmente.
Prof. Ana Martins

Alunos da Escola Básica de Valença cantaram os “Reis”

O cantar dos reis é uma tradição portuguesa com vários séculos, celebrada por volta do Dia de Reis. Os alunos do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo da Escola Básica de Valença mantiveram a tradição e saíram à rua para cantar os “Reis” à população valenciana e desejar-lhe um bom Ano Novo e muita saúde.

Escola Básica de Passos comemora o Centenário do aniversário de José Saramago

O escritor português José Saramago celebraria, no dia 16 de novembro, o centenário do seu nascimento.
A turma do 4.º ano da Escola Básica de Passos também comemorou o centenário de José Saramago, com a visualização e audição da vida e obra do autor e fez um pequeno registo no caderno diário.

Mês da Alimentação na Escola Básica de Valença

O mês de outubro foi marcado na Escola Básica de Valença, pelas mais variadas e diversificadas atividades dedicadas à Alimentação.
Todas as turmas do Pré- Escolar e 1º Ciclo desenvolveram, em contexto de sala de aula, atividades relacionadas com o tema, como adivinhas, provérbios, curiosidades, jogos, músicas, entre outras. Durante vários dias, as turmas deslocaram-se à Biblioteca Municipal, onde foi apresentada uma peça de teatro intitulada de ” Cário e Bactério” que pretendeu sensibilizar para a necessidade de uma alimentação diversificada, aliada a uma boa higiene oral.
Contámos também com a participação da Dra. Liliana Fernandes, nutricionista da USLAM de Valença, que promoveu uma ação de sensibilização sobre “Alimentação Saudável e Os Benefícios da Cor dos Alimentos para a Saúde“.
Para terminar construiu-se um coração gigante com os frutos que os alunos trouxeram de casa, com a colaboração das famílias. Realizou-se também, uma exposição dos trabalhos elaborados pelas várias turmas.
Para concluir, os alunos tiveram um momento de degustação, tomando assim consciência da necessidade de ter uma alimentação saudável e equilibrada.

Escola Básica de Valença – 3.º anos apresentaram peças de teatro

Na sexta-feira, dia onze de novembro, as turmas do terceiro ano da Escola Básica de Valença apresentaram duas peças de teatro. A turma “F” apresentou a peça “Maria Castanha e os duendes” e a turma “G” representou “A Lenda de São Martinho”.
Estas apresentações decorreram no polivalente da Escola, com a presença de todos os alunos, auxiliares, professores e educadoras.
Foi um momento de emoção e convívio entre todos os presentes.

Texto coletivo elaborado pela turma 3.ºG

Escola Básica de Friestas recebe “Os Mini-Heróis da Poupança”

A “Literacia Financeira”, é um dos temas de relevo nos diferentes organismos nacionais e internacionais. A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico reconhece que este é um dos pilares fundamentais ao desenvolvimento dos mercados financeiros sustentáveis e, consequentemente, ao bem-estar económico das famílias.
 
As crianças são consideradas o alvo prioritário da “Literacia Financeira e Educação para o Consumo”. Assim, de forma a torná-las adultos capazes de fazer escolhas financeiras mais conscientes e responsáveis, os alunos da Escola Básica de Friestas receberam “Os Mini-Heróis da Poupança”.
Foram realizados jogos didáticos ajustados à faixa etária dos alunos, os quais tiveram por finalidade: a) Incentivar a poupança e a inteligência financeira através do método 6 Gs: Saber Gerar; Saber Gastar; Saber Guardar; Saber Ganhar Dinheiro com Investimentos; Saber Gerir; Ter Gratidão; b) Mudar comportamentos e atitudes; c) Desenvolver hábitos de poupança; d) Promover o consumo responsável; e) Promover uma relação saudável com o dinheiro.
Os alunos participaram em todas as atividades propostas com grande entusiasmo e motivação. 
 

Exercício de sensibilização para o risco sísmico no Pré-Escolar e no 1.º Ciclo

No passado dia nove de novembro, às onze horas e nove minutos, os alunos dos Jardins-de-Infância e das Escolas Básicas do 1.º Ciclo realizaram o exercício nacional “A TERRA TREME”. A iniciativa teve por objetivo chamar a atenção para o risco sísmico e para a importância de comportamentos simples que se devem adotar em caso de sismo, mas que podem salvar vidas.
O exercício teve a duração de apenas um minuto, durante o qual os alunos foram convidados a executar os três gestos que salvam: BAIXAR, PROTEGER E AGUARDAR.

Promoção da Saúde Oral Atividades para o Pré-Escolar e 1.º Ciclo

A Biblioteca Municipal de Valença estabeleceu uma parceria com o Centro de Saúde de Valença, no sentido de promover a saúde oral e preparou uma atividade/leitura encenada, dirigida aos alunos do Agrupamento de Escolas de Muralhas. Assim, entre os dias dez de outubro e vinte e seis de outubro, as crianças da Educação Pré-Escolar e os alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, do Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho, tiveram a oportunidade de participar em atividades de promoção da saúde oral, na Biblioteca Municipal de Valença. O transporte esteve a cargo do Município.
Ensinar às crianças os cuidados de Higiene Oral corretos o mais cedo possível, é um investimento para a saúde com resultados visíveis no futuro. As atividades foram do total agrado dos alunos.

Jardim-de-Infância de Bogim comemora “Semana da Alimentação”

Na semana anterior ao dia da alimentação, o Jardim-de-Infância de Bogim desenvolveu várias atividades em articulação entre a sala 1 e 2.
Na 2ª, 3ª e 4ª feira explorámos a “Roda dos Alimentos”, fazendo a divisão dos grupos, através de pinturas, colagens, jogos, histórias e a observação e caracterização de alimentos trazidos de casa pelas crianças.
Na 5ª feira confecionámos crepes e um batido (creme) para a decoração do prato. Este creme foi confecionado com iogurte natural, banana e beterraba. Entretanto, na hora do lanche foi servido o crepe com a fruta partida em pedaços, que cada menino trouxe de casa, para o acompanhar.
Na 6ª feira realizámos “A Gincana dos Alimentos”, para a sua concretização foram necessários alimentos dos diversos grupos, cartazes com colagens e pinturas, para fazer a divisão dos mesmos. Como prémio de participação, tinham alimentos tais como: frutos secos, romã, tomate cherry, cenoura, melancia e um sumo natural de melancia e cenoura.
A atividade consistia em fazer uma gincana com triciclos, apenas 6 participantes de cada vez, que ao sinal de partida, iam buscar um alimento (à sua escolha) em cima de uma mesa que foi colocada do direito e, continuavam o seu percurso até à linha final. Ali saiam do triciclo e iam colocar o alimento no seu respetivo grupo. Ao regressar iam escolher o prémio ao seu gosto e assim degustaram vários alimentos.
As crianças adoraram estas atividades e concluímos que não é assim tão difícil elas gostarem de alimentos que nunca tinham experimentado.
 

ANO LETIVO 2021/2022

1.º A da EB de Valença partilha momentos de alegria “Dia Mundial da Criança”

Um dia de alegria, convívio e comemoração… A  EB de Valença hoje  esteve repleta de meninos e meninas felizes. A turma do 1º A  da Escola Básica de Valença agradece todos, os mimos e alegrias proporcionados neste dia.

EB de Valença comemora “Dia Mundial da Criança”

Um dia de alegria, convívio, comemoração e muita brincadeira para as crianças e alunos da EB de Valença.
O insuflável, o filme “Dimensão S”, degustação de um gelado, a oferta de um boné branco e de um saco a condizer, fizeram a felicidade aparecer nos olhos da pequenada. As surpresas efetuadas pelas Educadoras e Professores em contexto de sala vieram contribuir para o somatório de alegrias proporcionadas neste dia.
Houve mais uma surpresa que foi a presença humana por parte do Município de Valença, através  do senhor Presidente da Câmara, do senhor do Vereador da Educação  e do senhor Presidente da Junta de Freguesia.
A Escola Básica de Valença agradece a todos, os mimos e as alegrias proporcionados neste dia.
Parafraseando Fernando Pessoa, podemos dizer que : “ Grande é a poesia a bondade e as danças. Mas o melhor do mundo são as Crianças” (in «Liberdade»)

Dramatizações para o Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico

No decurso do mês de maio os alunos do 1.º Ciclo deslocaram-se à Biblioteca Escolar da Escola Básica de Valença, para assistir à dramatização do livro: “Os superpoderes da Julia”. O livro infantil foi lançado pela Liga Portuguesa Contra o Cancro para assinalar o “Dia Mundial do Cancro”. O projeto tem por finalidade ajudar os adultos a explicar às crianças o que é o cancro, qual o seu impacto no dia-a-dia da família e como é que os mais pequenos podem ajudar a fazer a diferença. Assim, abordou-se a temática de uma forma pedagógica e lúdica, sempre adequada à idade dos alunos.
Por sua vez, os alunos do Pré-Escolar tiveram a oportunidade de assistir na Biblioteca Municipal de Valença, à dramatização do livro infantil: “As preocupações do Billy”. Os bonecos das “preocupações” são o símbolo deste livro infantil que abre a porta para outra cultura. Desde há muito que as crianças da Guatemala os fabricam com palitos e pedaços de tecidos e fios; quando vão dormir contam-lhes as suas preocupações e colocam-os debaixo da almofada, de forma a acordarem, no dia seguinte, sem inquietações.
Tendo em consideração que o recurso aos textos literários, nomeadamente, ao seu reconto e dramatização, são meios facilitadores para o desenvolvimento da comunicação oral das crianças, considera-se que as atividades realizadas tiveram impacto e foram do total agrado dos alunos.


Exposição: “Planeta B”

No passado mês de maio, os alunos do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico dirigiram-se à Escola Básica e Secundária de Muralhas do Minho, para ver a exposição “Planeta B”.
A exposição esteve patente entre os dias 10 e 27 de maio, dando a possibilidade a todos os alunos de descobrirem o mundo mágico das borboletas, nomeadamente, de conhecer borboletas dos mais diversos cantos do mundo, em especial, da Tailândia, Filipinas, Malásia, Camboja, Peru, Equador, Bolívia, Brasil e vários países europeus, incluindo Portugal.
Nas 60 vitrinas expostas, foi possível apreciar 150 exemplares de borboletas, de rara beleza. A visita à exposição incluiu ainda, a visualização do filme “Monarca” e a explicação técnica por parte do proprietário da mostra, o colecionador Jiri Homola, cidadão da república Checa radicado em Valença há diversos anos.
 

Jardins de Infância e Escolas do 1.º Ciclo assinalam “Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”

No âmbito do “Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”, no passado dia vinte de abril, alunos do 1.º Ciclo participaram na “Operação Stop Azul”. Esta iniciativa foi uma ação dinamizada pela CPCJ de Valença em colaboração com a GNR e permitiu aos alunos serem polícias por um dia, transmitindo aos adultos recomendações e sugestões quanto à importância de uma vida familiar estável e positiva. Assim, alguns alunos do 1.º Ciclo, vestidos a rigor (com as fardas da GNR), acompanhados por elementos da GNR, membros da CPCJ de Valença, por professores e assistentes operacionais, participarem numa Operação Stop aos veículos que circulavam e entregaram aos condutores um Flyer de sensibilização e uma fita azul alusiva à história do laço azul.
Os alunos adoraram participar nesta ação e desta vez, os condutores ficaram muito satisfeitos por a GNR os mandar parar.
Ainda no âmbito do “Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”, no dia vinte e sete de abril, realizou-se a “Marcha dos Afetos”. Esta iniciativa foi promovida pela CPCJ de Valença, com a colaboração da UCC de Valença e envolveu os alunos do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico, de todos os Estabelecimentos de Ensino. Os alunos entoaram cânticos e o Hino “Sonho de Ser Criança”, acompanhados com os belos cartazes que elaboraram alusivos ao tema “A Flor do Amor”. Foi ainda recriado o laço Azul, símbolo da campanha para a Sensibilização para a Prevenção dos Maus-Tratos Infantis.
 
Os alunos adoraram participar nestas iniciativas, as quais foram do agrado de toda comunidade.
 

«Lucas» e a Biodiversidade – Alunos do 1º A da Escola Básica de Valença

A turma A do 1.º ano da Escola Básica de Valença, no âmbito de Desenvolvimento Sustentável, está a desenvolver um Projeto Interdisciplinar para compreender o conceito da biodiversidade e reconhecer esse conceito ao nível dos animais.
Desta forma e como motivação para o desenvolvimento do projeto, um aluno da turma com a ajuda do seu pai, conseguiu capturar no rio Minho uma rã ainda bebé, trazendo-a para a sala de aula.
Os alunos, batizaram a rã de «Lucas» e criaram um habitat artificial para o Lucas poder permanecer na sala de aula.
Ao longo de vinte dias, trataram da higiene e alimentação da rã, e observaram os seus comportamentos com muita atenção.
No dia sete de abril chegou o momento de devolver o «Lucas» ao seu habitat natural. Para grande tristeza dos alunos, mas para grande alegria de uma das Assistentes Operacionais que cada vez que entrava na sala de aula queria era estar bem longe do «Lucas».
Os alunos compreenderam que era necessário devolver o Lucas ao seu habitat natural pois todos os seres vivos só se desenvolvem saudavelmente no seu meio natural e com os seus pares. Como recordação para momentos futuros ficam algumas fotos desta atividade.

Escola Básica de Pedreira – Repovoamento de salmões no Rio Minho

No passado dia cinco de abril, a turma do 4.ºano da Escola Básica de Pedreira participou no repovoamento dos salmões no rio Minho. Esta atividade decorreu entre Valença e Tui nas embarcações da Polícia Marítima Portuguesa e a Comandância Naval do Minõ. As embarcações partiram de Tui das instalações do CNM. Os alunos viveram uma experiência única acompanhando e participando no lançamento dos salmões ao rio.

Jardim de Infância de Bogim – Crianças e Famílias realizam trabalhos de Páscoa

No âmbito das comemorações da Páscoa, as Educadoras do Jardim-de-Infância de Bogim propuseram às crianças que com a colaboração dos seus familiares, dessem asas à criatividade e realizassem trabalhos alusivos à Páscoa.
Verificou-se uma enorme adesão à atividade proposta, já que todas as crianças entregaram belos trabalhos, os quais se encontram expostos no Estabelecimento de Ensino e são apreciados por todos.

Pré-Escolar da Escola Básica de Friestas realiza Sementeiras

O grupo do Jardim de Infância de Friestas iniciou as sementeiras nas quais as crianças têm vindo a participar com muito empenho e entusiasmo. Recolheram-se e selecionaram-se as sementes e algumas plantas enviadas pelas famílias, que depois foram semeadas nos canteiros da Escola. 

Escola Básica de Friestas – Comemoração do “Dia Mundial da Árvore”

No passado dia 21 de março, os alunos do Pré-Escolar e do 1º Ciclo da Escola Básica de Friestas comemoraram o Dia Mundial da Árvore, participando na plantação de árvores num espaço cedido pela Junta de Freguesia. Para além dos professores e funcionários da Escola, contou-se com a presença do Senhor Presidente da Junta de Freguesia de Friestas, que gentilmente ofereceu uma árvore e os materiais necessários.
 

Escola Básica de Real – Gandra assinala a chegada da Primavera

A turma B do 3.º ano e 4.º ano, da Escola de Real Gandra deu as boas vindas à estação da primavera com a realização de um encantador painel ilustrado. Este trabalho foi realizado sob a orientação do Professor Titular de Turma João Rocha que acompanhou de perto o empenho, a dedicação e o entusiasmo dos seus alunos e foi com este sentimento genuíno que se festejou mais uma entrada primaveril. Sendo esta estação o despertar da natureza, o florir dos campos e a explosão das cores, a turma deseja a toda a comunidade escolar uma primavera muito feliz!

Os alunos da turma B, 3.º ano e 4.º ano (EB de Real- Gandra)

Escola Básica de Vilar de Lamas HORTA BIOLÓGICA (vertical)

A implementação da horta vertical na Escola de Vilar de Lamas, Arão pelos alunos do Primeiro Ciclo do Ensino Básico, teve lugar no mês de fevereiro.
A estrutura está montada em “Paletes” de madeira no recreio da escola. Ao estar visível a toda a comunidade escolar, contribui para a “sensibilização pela preservação, dinamização e embelezamento dos espaços exteriores”, assim como, incutir na comunidade escolar a preservação de espécies autóctones.  
A horta vertical que foi criada, é composta por plantas aromáticas. As plantas serão utilizadas em futuros momentos de convívio na Escola. Também aproveitamos o momento para procedermos ao cultivo de árvores autóctones da nossa região, o carvalho. 
Esta atividade decorreu no âmbito do Programa Eco-Escolas.  
A Escola teve a colaboração da União de Freguesias de Valença, Cristelo-Côvo e Arão.  

Os professores titulares de turma do 1º Ciclo (EB de Vilar de Lamas)

A Escola Básica de Vilar de Lamas aderiu ao Programa Ecovalor 2022

Segundo as Orientações curriculares para a Educação Pré-Escolar, “ao analisarem os respetivos currículos, educadores/as e professores/as poderão dar-se conta de que as áreas de conteúdo da Educação Pré-Escolar têm diferenças, mas também semelhanças com as do programa do 1.º Ciclo, e poderão, assim, encontrar formas de promover uma articulação curricular. Essa articulação não passa por utilizar na Educação Pré-Escolar algumas das metodologias e estratégias de aprendizagem do 1.º Ciclo, mas por prever, em conjunto, modos de progressão que deem continuidade às aprendizagens realizadas. A adoção de práticas pedagógicas diferenciadas permite que a Educação Pré-Escolar contribua para uma maior igualdade de oportunidades, ao proporcionar a cada criança experiências e oportunidades de aprendizagem estimulantes, que lhe permitam desenvolver todo o seu potencial, criando assim condições favoráveis para iniciar o 1º Ciclo com segurança. É atendendo a cada criança e à sua individualidade que poderão ser encontradas as melhores formas de transição e continuidade.
Neste sentido, as crianças/alunos da Escola Básica de Vilar de Lamas participam no Programa Ecovalor. Este projeto é dirigido a toda a comunidade escolar da área de intervenção da Valorminho. Tem como objetivo promover boas práticas ambientais em estabelecimentos de ensino, premiando aqueles que apresentarem melhor desempenho na separação das suas embalagens usadas.
As crianças/alunos participam trazendo para o estabelecimento de ensino os materiais que são depositados nos sacos amarelos, que foram fornecidos pela VALORMINHO. 
“O material do Programa Ecovalor: são apenas embalagens de plástico e metal (por exemplo: pacotes de leite, de sumo, copos de iogurte, garrafas de iogurte, garrafas de bebidas, de água, latas de bebidas e de conserva e sprays (desodorizantes, ambientadores, lacas), sacos plásticos, pacote de arroz, de massas)”.
Esta atividade está a decorrer de forma bastante positiva, contribuindo para tal a excecional colaboração dos encarregados de educação, assistentes operacionais, educadoras/professores e o empenho de todos os alunos.
A atividade tem como principais objetivos a sensibilização da comunidade educativa para a importância dos hábitos de reciclagem, a entrega de lixo reciclável, a promoção da separação correta do lixo, na sala de aula (na escola) e em casa, reconhecer, identificar e assumir boas práticas face ao ambiente.

Escola Básica de Valença – Turma do 3.º E participa na ação de sensibilização: “Não ao Bullying”

Parecia uma terça-feira igual a tantas outras… mas na terça-feira do dia 22 de março, a turma do 3º E recebeu uma visita especial em sala de aula. A agente Ferreira da Escola Segura veio-nos falar sobre o Bullying e o Cyberbullying.
De uma forma muito simples mas clara e objetiva percebemos os diferentes tipos de bullying (psicológico, verbal, social, físico); percebemos a diferença entre um comportamento ou uma atitude menos correta ou mais agressiva para connosco e um comportamento abusivo, que se repete e prolonga no tempo, característico do Bullying.
Lemos uma banda desenhada, conversámos, trocámos opiniões e experiências, falámos de coisas sérias e até rimos. Vimos como é tão importante pedir desculpa, acolher, compreender; ter empatia pelo Outro.
Terminámos a sessão com a dinâmica da folha amassada e criámos um cartaz de sensibilização: Não ao Bullying!
Obrigado, Agente Ferreira pela sua disponibilidade e por contribuir de forma tão genuína para o nosso crescimento. Saímos todos mais ricos…. Recebemos e compreendemos a mensagem no coração!
                                                                                                       Alunos do 3º E da Escola Básica de Valença

Jardim de Infância de Bárrio a plantar um futuro melhor!

Na tarde do dia 21 de março o grupo de crianças do Jardim de Infância de Bárrio comemorou o Dia da Árvore com uma atividade de arborização organizada pela Junta de Freguesia de Fontoura. Com o apoio dos funcionários da Junta de Freguesia, as crianças puderam experienciar como plantar uma árvore e participar na criação de um novo espaço verde, fundamental para o equilíbrio do ambiente e para o bem-estar de todos nós.
Foi uma tarde educativa e muito divertida para todos os participantes!

Trabalhos sobre o “Dia da Mulher” – 3.º E da Escola Básica de Valença

8 de março – Dia Internacional da Mulher
 
“Uma criança, um professor, um livro e uma caneta podem mudar o mundo. A educação é a solução.”

 Palavras de Malala e o mote que deu início à nossa aula, no passado dia 8 de março – Dia Internacional da Mulher.
Neste dia, em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, conhecemos a história de vida de Malala Yousafzai, a ativista paquistanesa que desde os dez anos luta pela defesa dos direitos das mulheres no acesso à educação, sendo a mais jovem galardoada com o Prémio Nobel da Paz, em 2014.
Depois de falarmos da sua luta e percebermos o porquê desta data, ainda, houve tempo de pintar um buquê e escrever/ilustrar uma pequena mensagem para oferecer a uma das grandes mulheres da nossa vida.
Para além de tomarmos consciência de que há países em que os direitos das mulheres continuam a não ser respeitados, a história da Malala tocou-nos mesmo no coração.
Acreditamos que a educação é mesmo a solução na formação de adultos mais conscientes, responsáveis e justos, para um amanhã com mais dignidade e respeito pelos Direitos Humanos.
                                                                                                                                    Alunos do 3º E da Escola Básica de Valença

Escola Básica de São Pedro da Torre comemora o “Dia da Árvore”

No dia 21 de março os alunos da Escola Básica de São Pedro da Torre comemoraram o Dia Mundial da Árvore, tendo a atividade sido proporcionada pela Junta de Freguesia de São Pedro da Torre.
As crianças do Pré-Escolar e os alunos do 1.º Ciclo iniciaram o dia a plantar árvores, acompanhados pelas educadoras de infância, professores, assistentes operacionais e assistente técnica. Depois, realizaram um delicioso piquenique, gentilmente oferecido pela Junta de Freguesia.
Terminado o piquenique, os alunos realizaram atividades ao ar livre, nomeadamente, danças e jogos lúdicos.
Foi um dia extremamente animado, o qual ficará na lembrança de todos.

Escola Básica de Pedreira recebe jogo gigante

No decurso do 1.º período, a turma A da Escola Básica de Pedreira foi inscrita pela professora titular de turma no projeto “A Turma Imbatível – um jogo e peras”.
O projeto “A Turma Imbatível – um jogo e peras” é uma iniciativa conjunta do Lidl Portugal e dos seus parceiros Direção-Geral da Educação, Direção-Geral da Saúde, Agência Portuguesa para o Ambiente, Associação Portuguesa de Nutrição e Associação Nacional de Produtores de Pera Rocha.
O projeto visa contribuir a nível nacional para a divulgação, promoção e comunicação de informação relativa a estilos de vida sustentáveis. Assim, de uma forma divertida, através de um jogo de tabuleiro gigante e outras atividades, pretende-se sensibilizar os alunos do 1.º Ciclo para estilos de vida saudáveis.
No mês de fevereiro a Escola Básica de Pedreira recebeu o respetivo jogo, constituído por um tabuleiro gigante, um dado gigante e umas cartas com perguntas sobre o tema que são respondidas ao longo do percurso do jogo.
No passado dia 21 de março, no âmbito das comemorações do Dia da Árvore, as duas turmas da Escola Básica de Pedreira colocaram em prática o jogo. Os alunos demonstraram muito entusiasmo e interesse, tendo refletido e dialogado sobre as questões apresentadas.

Escola Básica de Passos – alunos dão asas à criatividade

No passado dia dez de março, os alunos dos 3.º anos e dos 4.º anos participaram numa sessão com o ilustrador Rui Castro. Foi evidente a motivação dos alunos, os quais colocaram questões pertinentes, acabando por impressionar o próprio ilustrador.
O sucesso da sessão não se limitou ao momento do encontro com o ilustrador, pois em contexto de sala de aula deu-se continuidade ao trabalho. Prova disso foi a Escola Básica de Passos, onde os alunos do 3.º C e do 4.º D deram asas à imaginação e através de diversas atividades, nomeadamente, desenhos, textos escritos e “chuva de ideias”, demonstraram a sua criatividade e provaram que estiveram atentos durante a sessão com o ilustrador.
Perante a impossibilidade de mostrar todos os trabalhos efetuados pelos alunos da EB de Passos, partilha-se apenas uma pequena amostra. Parabenizamos os alunos e respetivas professoras titulares de turma, pelos belíssimos trabalhos realizados.

Encontro com o Ilustrador Rui Castro

Atualmente na literatura infantil a ilustração é reconhecida também como elemento narrativo, cuja importância é semelhante à do texto, podendo mesmo, em alguns casos, assumir maior relevância. 
Face à importância da ilustração na literatura infantil e no intuito de desenvolver o gosto e a motivação pela leitura, o Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho com a colaboração do Consultor Pedagógico da Areal Editores, organizou uma sessão com o ilustrador Rui Castro, autor das ilustrações das obras: Irmão OceanoFernando Pessoa; O Menino da Sua MãeA Casa da Poesia Gato Preto e Passarinhos Azuis, entre outras. Assim, no âmbito da semana da leitura, no dia 10 de março, os alunos dos 3.º anos e dos 4.º anos de escolaridade dirigiram-se ao Auditório da Escola Básica e Secundária de Muralhas do Minho, para um encontro com o ilustrador Rui Castro.
O ilustrador referiu que a criatividade tem muito espaço e que na ilustração é possível utilizar todas as técnicas possíveis, dando a conhecer algumas delas: pintura em acrílico; técnica de recorte e colagem; técnica mista (desenho, recorte e fotografia) e modelagem com plasticina. Os alunos colocaram questões muito pertinentes ao ilustrador, às quais o mesmo respondeu sempre com boa disposição.
Os alunos tiveram ainda a possibilidade de assistir a um momento de criatividade, já que o ilustrador fez um belo desenho, na presença de todos. No final da sessão os alunos tiveram a oportunidade de adquirir a obra: “Irmão Oceano”, ilustrada pelo Rui Castro, o qual deu um autógrafo personalizado a cada aluno.
Embora se saiba que o Rui Castro realiza imensas ações deste género por todo o país, foi notável que ficou surpreendido com as intervenções dos alunos e com a receção que teve.
A Direção do Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho agradece a colaboração do Consultor Pedagógico da Areal Editores, a presença do ilustrador Rui Castro, dos alunos e dos Professores Titulares de Turma. É também dirigido um agradecimento ao Município de Valença, pela atribuição do transporte, o que possibilitou a todos os alunos dos 3.º anos e dos 4.º anos terem conhecido o ilustrador Rui Castro. Por fim, espera-se que este tipo de ação se possa repetir para proporcionar a experiência aos alunos dos 1.º anos e dos 2.º anos de escolaridade.


 

Pré-Escolar da Escola Básica de Valença vai à Biblioteca Escolar

A Literatura Infantil é uma prática interdisciplinar relacionada com outras formas de expressão, como o movimento, a imagem e a música, que constituem o saber comunicativo da criança desde os primeiros anos. É fundamental para a formação da criança ouvir histórias, pois fomenta o imaginário infantil, estimula o intelecto e a formulação de hipóteses, desenvolvendo deste modo, o potencial e as habilidades da mesma.
Tendo em consideração a importância do reconto, no âmbito da semana da leitura, as crianças do Pré-Escolar da Escola Básica de Valença, foram à Biblioteca Escolar ouvir a história: “As girafas não dançam”.
A enorme criatividade e competência pedagógica da narradora foram fundamentais para despertar o interesse das crianças, sendo visível a sua motivação e alegria. Pequenas iniciativas como esta têm repercussões enormes ao nível do desenvolvimento do gosto e motivação pela leitura, pelo que, mais momentos enriquecedores como este irão continuar a realizar-se.

Escola Básica de Valença Participa no Programa Ecovalor

Os alunos do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo da Escola Básica de Valença estão a desenvolver atividades no âmbito do Programa Ecovalor. O Programa tem como objetivo promover boas práticas ambientais em Estabelecimentos de Ensino em todo o país e foi lançado como Projeto piloto no Município de Paredes de Coura e Monção, premiando os Estabelecimentos de Ensino que apresentarem melhor desempenho na separação das suas embalagens usadas. O programa Ecovalor é dirigido a toda a comunidade escolar da área de intervenção da Valorminho.
Os alunos da Escola Básica de Valença em colaboração com as famílias estão a proceder à recolha de embalagens plásticas. A adesão e a participação têm sido enormes e os alunos estão muito motivados, assim como, as Educadoras de Infância, Professores e Pessoal Não Docente. Salienta-se que no ano transato, a Escola Básica de Valença foi um dos Estabelecimentos de Ensino premiados. Tendo em conta a boa experiência, as Educadoras de Infância e os Professores aderiram mais uma vez ao Programa no intuito de promover boas práticas ambientais.

Atividade: Não ao Bullying

Com o objetivo de desenvolver práticas quotidianas de promoção de saúde e de bem-estar na comunidade educativa, foi proposta a atividade: “Não ao Bullying”, a qual é dirigida aos alunos do 1.º Ciclo do Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho.
A atividade encontra-se organizada em quatro ações distintas e complementares, nomeadamente: ação de sensibilização sobre o Bullying, a cargo da Escola Segura; realização de trabalhos sobre o Bullying por parte dos alunos, com o envolvimento das famílias; exposição dos trabalhos elaborados na Biblioteca Municipal de Valença; realização de uma marcha contra o Bullying. A primeira ação encontra-se agendada para o segundo período e as três restantes para o terceiro período. Visa-se com estas quatro ações promover o bem-estar dos alunos, desenvolver as suas competências pessoais e sociais, mas também promover e prevenir aspetos da área da saúde. Aderiram a esta iniciativa todas as turmas das Escolas Básicas de Passos, São Pedro da Torre, Friestas e Pedreira. Da Escola Básica de Valença aderiram as turmas dos terceiros e dos quartos anos e uma turma do primeiro ano de escolaridade.
Os agentes da Escola Segura realizaram no dia oito de março a primeira ação de sensibilização, tendo iniciado na Escola Básica de Friestas. Os alunos demonstraram muito interesse na atividade, tendo interagido de forma dinâmica e oportuna com os agentes da Escola Segura e com as Professoras Titulares de Turma. No decurso do segundo período serão contemplados os alunos das restantes Escolas aderentes à atividade. Espera-se que os alunos continuem motivados para se promover uma cultura de segurança escolar, fomentar o civismo e a cidadania, contribuindo deste modo, para a afirmação da comunidade escolar enquanto espaço privilegiado de integração e socialização.


Projeto interdisciplinar do 3.º e 4.ºano – “Desenvolvimento Integral”

O Agrupamento de Muralhas do Minho desenvolve um projeto interdisciplinar no 3.º e 4.ºano do 1.ºciclo ao nível do Desenvolvimento Integral, promovendo e fomentando uma formação ao nível das atitudes e comportamentos com base nos valores, virtudes e forças de caráter.

Várias atividades têm sido desenvolvidas ao mesmo tempo que se introduzem algumas virtudes e forças de caráter, de forma a consolidar os conteúdos interdisciplinares ao nível da cidadania, Língua Portuguesa e Estudo do Meio.

Foi desta forma que os alunos criaram postais de Natal que foram enviados aos Lares de Idosos do nosso concelho e a alguns idosos que vivem sozinhos e deles, com muita alegria, receberam algumas respostas. Da mesma forma, escreveram cartas para as crianças que vivem em países em contexto de guerra.

O projeto tem levado a que a interdisciplinaridade se fomente, se expanda e crie conexões que fomentam a prática dos valores, a perceção, por parte dos mais novos, de algumas virtudes e forças de caráter que nos tornam a todos seres humanos proativos em comportamentos de Humanidade.